Grinaldas à Parte

Sem Olhar pra Trás

15:01 Scarlett Benevides 7 Comments Category :

Já li vários livros em que o casal ficava junto no final, histórias em que não terminava com a frase "e viveram felizes para sempre", mas com certeza esse era o fim. Os detalhes descritos demonstravam exatamente isso. Como também nos filmes, as incomparáveis comédias românticas que além de nos divertir, nos faz ficar vidradas e dizer: Aiiimmmm *--* 
Mas aqui na minha vida anda tudo tão diferente. Já passei por diversas coisas que era lindo como num desses romances. Mas hoje tenho a impressão que as coisas devem mudar quando desligamos a tv ou quando fechamos o livro. Porque quando fazemos uma dessas coisas (desligar a tv ou fechar o livro) o romance simplesmente acaba. Então cheguei a conclusão de que foi isso que aconteceu comigo. Fecharam a capa do meu livro. Desligaram a TV antes que eu tivesse o meu felizes para sempre.
Apesar de saber exatamente quem foi que fez isso comigo não consigo sentir rancor ou raiva alguma dele. É o Douglas. Ele colocou um ponto final na nosso história. Disse que não queria mais nada comigo. Em outras palavras, é claro. Fez aquela carinha de que não queria me magoar e tals, que sentia muito, mas que não dava. Aquela ceninha pra poder sair de bom moço.
Bom moço ele era quando me abraçava apertado, quando sorria e me olhava nos olhos. Quando chegava cansado do trabalho, tomava banho e deitava comigo no sofá da sala da sua casa para assistirmos filme. Bom moço ele era quando só me deixava andar no lado da calçada (ele dizia que se fossemos atropelados ele seria primeiro), bom moço ele era quando brincava com a minha cachorra e ela entrava dentro da sua camisa disputando espaço no puff lá de casa.
Agora ele é um estranho que finjo não conhecer quando esbarro com ele na rua, mas apesar de sempre olhar pro lado contrário meu coração dispara como se fosse pular do meu peito ao encontro do dele.
Foi tudo tão de repente que nem pude me despedir, não tive nem a chance de um último beijo, ou de pelo menos um abraço.
Me lembro como se fosse ontem quando ele me veio me falar, mesmo que já faça tanto tempo. Porque sempre que eu tento esquecer, mais eu lembro, como diz a música.

Continua
by Camila

RELATED POSTS

7 mil interações